Please, don't leave me.
Eu não sou legal, não mesmo. Acho que sempre tenho razão e quando minhas previsões dão certo olho com a cara mais abominável do mundo, dou um sorriso irônico e falo o clássico eu-te-avisei. É que, em geral, eu tenho razão. Essa é a primeira –e mais importante – coisa que você precisa aprender a meu respeito. (...) Não sei receber elogios, fico sem saber o que fazer, me atrapalho e acabo trocando de assunto – quando não troco as pernas e tropeço em algum canto de mim. Sorrio para disfarçar desconfortos. Se eu não gosto de você é bem provável que você tenha medo do meu olhar. E eu posso simplesmente não gostar de você de graça. Se eu gostar de você aviso de antemão que você é uma pessoa de sorte. Eu me entrego. Quem vive comigo sabe. Quem convive comigo sente. Eu amo poucos. Mas esses poucos, pode apostar, amo muito.
1 2 3 4 5
THEME POR encantei-me | DON'T COPY + +

Um minuto de silêncio para todos aqueles posts do tipo “Reblog e descubra” que nunca mais apareceram na minha dash.



“Passam os minutos. Passam as horas. Passam alguns dias. Leu de tudo. Fez de tudo. Mas é tão difícil fugir do próprio silêncio. Tem até um dito japonês: Você pode fugir do barulho do rio e das folhas ao vento, mas o verdadeiro barulho está dentro de você.”
Federico Mocchia.   (via inverbos)

“Existem tantos sorrisos chorando por aí.”
Anderson Babinski.    (via sur-realidade)