Please, don't leave me.
Eu não sou legal, não mesmo. Acho que sempre tenho razão e quando minhas previsões dão certo olho com a cara mais abominável do mundo, dou um sorriso irônico e falo o clássico eu-te-avisei. É que, em geral, eu tenho razão. Essa é a primeira –e mais importante – coisa que você precisa aprender a meu respeito. (...) Não sei receber elogios, fico sem saber o que fazer, me atrapalho e acabo trocando de assunto – quando não troco as pernas e tropeço em algum canto de mim. Sorrio para disfarçar desconfortos. Se eu não gosto de você é bem provável que você tenha medo do meu olhar. E eu posso simplesmente não gostar de você de graça. Se eu gostar de você aviso de antemão que você é uma pessoa de sorte. Eu me entrego. Quem vive comigo sabe. Quem convive comigo sente. Eu amo poucos. Mas esses poucos, pode apostar, amo muito.
1 2 3 4 5
THEME POR encantei-me | DON'T COPY + +
“Sentir saudade é inevitável,depois de tantas brincadeiras,tantas risadas,tantos amores,ver isso tudo,um infinito momentâneo indo embora é triste,principalmente quando nos tornamos vulneráveis e não podemos fazer nada para contornar a situação,então,tudo enfim se foi,e a saudade,não irá por um bom tempo.”
Fernanda Gama. (via other-smokers)

“Eu passei boa parte da vida me enganando. Sabe aquela coisa de fingir que tudo está bem, que não doeu, que tá bom assim, que eu aceito, que aham, tá legal? Pois é, isso realmente não é nada, nada legal.”
Clarissa Corrêa.    (via p-oetiz4)


awn = achei fofo o que vc falou, porém não sei o que responder





12 hours ago · 755 notes · reblog
originally fohk · via bitchidle
“A dor da saudade fez de mim um escritor.”
Pablo Henrique Dantas.   (via antevejo)

“Ela o amou da forma mais linda como pode amar uma pessoa, tipo de amor que só acontece uma vez na vida.”
Amizade Colorida.   (via desembarcou)